Governo uruguaio faz ofensiva contra bebidas alcoólicas

O governo do Uruguai prepara uma série de novas medidas para restringir o consumo de bebidas alcoólicas nas ruas e outros locais públicos, anunciou o ministro do Interior, Guillermo Stirling. O Executivo emitiu decreto autorizando a polícia a lacrar as lojas de conveniência que vendam bebidas durante a madrugada. Antes, apenas os serviços de proteção ao menor tinham esse poder.O consumo excessivo de álcool causa ?vandalismo, briga, barulho, situação muito difícil para os vizinhos?, disse Stirling, informando que há um grupo de moradores de Montevidéu que criou uma ong com o objetivo de ?defender o direito de dormir à noite?.Paralelamente, o governo enviou ao Parlamento uma lei que proíbe a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em lugares ?onde ocorram eventos de massa e dentro de um raio de 500 metros desses lugares, duas horas antes e até duas horas depois? do evento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.