Governo vence eleições municipais no Chile

Os chilenos foram às urnas neste domingo eleger prefeitos e vereadores nas 345 comunas em que se divide o país e deram um aval ao presidente socialista Ricardo Lagos. A coalizão governista de centro-esquerda - a Concertação Democrática - venceu com 44,76% contra 38,66% do bloco oposicionista de direita - Aliança pelo Chile. A Concertação governa o país há cerca de 15 anos e sai fortalecida para as eleições presidenciais de 2005. Para o prefeito de Santiago e candidato presidencial da oposição, Joaquín Lavín, "o resultado das eleições municipais influenciará nas eleições presidenciais de 2005". Em Santiago, o candidato oficialista Diego Méndez, que disputa a prefeitura de Renca, foi detido à tarde enquanto visitava uma seção eleitoral. Os encarregados da segurança disseram que ele foi detido porque é proibido aos candidatos irem a centros de votação antes da apuração.

Agencia Estado,

31 Outubro 2004 | 23h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.