Grã-Bretanha amplia horário de "pubs" para conter violência

A lei que pretende afrouxar a restrição imposta pelo governo aos horários de consumo de álcool na Grã-Bretanha passou no Parlamento. A nova lei de licenciamento para bebidas alcoólicas acaba com a exigência de que os ?pubs? fechem às 22h30 de segunda a sábado e às 23h00, nos domingos. Espera-se que a lei, que deve entrar em vigor em 2005, reduza a violência atribuída à bebedeira excessiva que ocorre nos minutos finais antes do fechamento. O governo diz acreditar que a flexibilização no horário de consumo de álcool encorajará ?uma cultura mais civilizada nos pubs, bares e restaurantes?, reduzindo a desordem motivada pelo horário rígido. A nova lei inclui medidas para combater a violência associada à bebida, incluindo novos poderes para a polícia, como a atribuição de fechar qualquer pub, sem aviso prévio, por até 24 horas. A lei, que só precisa da sanção formal da rainha Elizabeth II, se aplica à Inglaterra e ao País de Gales. As autoridades na Escócia já têm o hábito de permitir que os pubs fiquem abertos à vontade. A idade mínima para consumo de álcool permanecerá em 18 anos, mas uma nova exceção permitirá que jovens de 16 e 17 anos, acompanhados por um adulto, consumam algumas bebidas na mesa, junto com uma refeição.

Agencia Estado,

09 Julho 2003 | 18h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.