Grã-Bretanha anuncia a retirada de 500 militares do Afeganistão em 2012

O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou ontem que a Grã-Bretanha vai retirar 500 de seus soldados do Afeganistão até o final do próximo ano. "Essa decisão não é apenas a correta para a Grã-Bretanha, mas também a mais acertada para o Afeganistão. Ela dará aos afegãos um prazo claro e criará um senso de urgência em seus esforços (para assumir a segurança)", disse Cameron ao Parlamento. O anúncio do premiê segue a decisão do presidente americano, Barack Obama, de retirar mais de 33 mil soldados do país até setembro de 2012. O contingente britânico é o segundo maior no Afeganistão, com 9.500 homens, e em sua maioria está presente na província sulista de Helmand.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.