Grã-Bretanha avalia implicações da crise no Paquistão

A Grã-Bretanha anunciou nestasegunda-feira que está considerando se o estado de emergênciadecretado pelo presidente paquistanês Pervez Musharraf poderáafetar os programas britânicos de ajuda e desenvolvimento parao Paquistão. "Nós estamos considerando as implicações para os nossosprogramas de desenvolvimento e assistências no Paquistão",disse a repórteres um porta-voz do primeiro-ministro GordonBrown. "Queremos uma confirmação de que serão realizadas eleiçõesem janeiro (2008), como programado".Musharraf alegou a presença de militantes e juízes hostis paradeclarar no sábado o estado de emergência no país. (Por Adrian Croft)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.