Grã-Bretanha busca apoio da ONU para ação por ataque químico na Síria

Governo britânico condena ataques feitos pelas forças do presidente sírio Bashar Assad

Reuters,

28 de agosto de 2013 | 09h09

LONDRES - A Grã- Bretanha vai apresentar uma proposta de resolução ao Conselho de Segurança da ONU, nesta quarta-feira, 28, condenando os ataques feitos pelas forças do presidente sírio, Bashar Assad, e autorizando "medidas necessárias" para proteger civis do uso de armas químicas, disse o primeiro-ministro David Cameron.

"A Grã-Bretanha redigiu uma resolução condenando o ataque com armas químicas de Assad e autorizando medidas necessárias para proteger civis", disse Cameron em sua conta oficial no Twitter.

"Nós sempre dissemos que queremos que o Conselho de Segurança da ONU cumpra à altura suas responsabilidades na Síria. Hoje temos uma oportunidade de fazer isso", acrescentou o premiê britânico.

A resolução será apresentada ao Conselho de Segurança em Nova York nesta quarta, disse um porta-voz de Cameron em comunicado./ REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.