Grã-Bretanha faz vacinação seletiva contra antraz

A Grã-Bretanha vai oferecer vacinas contra a bactéria do antraz apenas em casos de emergência ou para categorias profissionais mais expostas ao risco, como trabalhadores em fazendas de gado, funcionários de matadouros e tosquiadores de animais, declarou, nesta quinta-feira, um porta-voz do Ministério da Saúde. "Como em qualquer outra vacina, não tem sentido aplicá-la no público em geral. Nós vacinamos somente as pessoas que trabalham em determinados setores, que podem estar em situações de risco", acrescentou o porta-voz. Consultado sobre os riscos de antraz na Grã-Bretanha, o presidente do grupo de trabalho sobre armas bacteriológicas da Royal Society, professor Harry Smith, disse estar convencido de que, em caso de doença, todas as pessoas contaminadas poderiam ser tratadas com antibióticos. Leia o especial

Agencia Estado,

11 Outubro 2001 | 17h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.