Granada mata duas pessoas em mesquita do Iêmen

Uma granada de mão explodiu em uma mesquita do Iêmen durante as tradicionais preces de sexta-feira, matando dois fiéis e ferindo mais de 30, informou um oficial de segurança, que pediu anonimato. A granada que explodiu foi uma das duas lançadas por um homem, detido mais tarde, afirmou a fonte. A segunda não explodiu. Sete dos feridos estão em condições críticas em um hospital na província de Omaran, a cerca de 120 quilômetros de Sanaa. A identidade do detido não foi informada e seus motivo não ficaram imediatamente claros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.