Granadas deixam um morto e vinte feridos na Caxemira

Uma pessoa morreu e outras vinte ficaram feridas na explosão de duas granadas perto de um ponto de ônibus em Jammu, no estado indiano da Caxemira, informou a rede de televisão "NDTV".Depois do ataque deste domingo o local foi isolado pelas forças de segurança. A Polícia indiana suspeita que o atentado tenha sido cometido por insurgentes islâmicos.A Índia acusa o Paquistão de treinar e armar os rebeldes caxemirianos que cruzam a fronteira, mas Islamabad nega essas acusações e assegura que faz o possível para evitar as infiltrações.A região da Caxemira, de maioria de população muçulmana, é disputada pela Índia e pelo Paquistão desde a partilha dos dois Estados em 1947, após sua independência do Reino Unido.Desde 1989, alguns grupos terroristas atuam na zona da Caxemira sob controle da Índia par conseguir a independência desta região e, segundo números do Governo de Nova Délhi, mais de 45 mil pessoas morreram desde então em incidentes violentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.