Granadas explodem em acampamento e ferem 14 soldados dos EUA

Duas granadas explodiram no acampamento militarde retaguarda da Divisão Aerotransportada 101 no Kuwait na madrugada (hora local) de domingo. Quatorze soldados ficaram feridos e pelo menos seis deles estão em estado grave. As granadas foram lançadas contra tendas onde dormiam os militares. O ataque, que chegou a ser classificado de "terrorista" pelo Pentágono, ocorreu em Camp Pennsylvania, no Kuwait,perto da fronteira com o Iraque.Um soldado americano, pertencente à seção de engenharia da Divisão, foi detido para investigação. Ainda não se sabe o que teria motivado o ataque, e nem se houve outros envolvidos no incidente, mas dois homens árabes que haviam sido contratados pelo exército norte-americano para fazer pequenos trabalhos no acampamento também foram detidos.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.