Granadas são disparadas contra delegacia no Egito

Manifestantes dispararam hoje duas granadas propelidas por foguete contra uma delegacia de polícia na cidade de Sheikh Zuweid, no Sinai, no Egito, mas uma delas acertou um centro médico, disseram autoridades. Não há informações sobre mortos ou feridos no interior do prédio. A outra granada propelida por foguete caiu num espaço aberto, disseram funcionários do governo.

AE, Agência Estado

27 de janeiro de 2011 | 20h29

Um correspondente da agência de notícias France Presse informou que os manifestantes também dispararam granadas contra uma delegacia a três quilômetros da cidade, provocando um incêndio no local. O local havia sido evacuado mais cedo. Os manifestantes eram beduínos, alguns dos quais estavam com armas pesadas. Eles reclamam da discriminação do governo.

Os confrontos tiveram início em Sheikh Zuwayed na manhã de hoje, depois que testemunhas e parentes terem dito que um jovem morreu ao ser atingido por tiros disparados pela polícia durante um tiroteio. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciaEgitogranadadelegacia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.