Gravação atribuída a Bin Laden ameaça EUA com novos ataques

A rede de TV Al-Jazira divulgou uma fita de áudio atribuída ao número um da al-Qaeda, Osama bin Laden, em que o líder terrorista afirma que sua organização prepara novos ataques aos EUA. Endereçada "ao povo americano", a mensagem também oferece uma trégua para a reconstrução do Iraque e do Afeganistão. Essa é a primeira fita atribuída a Bin Laden em mais de uma ano - o mais longo período sem mensagens do líder extremista desde o ataque de 11 de setembro de 2001. Não há indicações de quando ela foi gravada, mas a sua divulgação acontece apenas alguns dias após um ataque aéreo dos EUA ter matada quatro líderes da al-Qaeda em território Paquistanês. Como é habitual, a rede de TV não deu nenhuma explicação sobre como conseguiu a fita.De acordo com o suposto Bin Laden, o enrijecimento da segurança nos EUA após os atentados de 11 de setembro de 2001 não é suficiente para impedir novos ataques àquele país. Segundo a voz, esses ataques só não aconteceram porque "há operações que precisam de preparação"."A demora de novas operações na América não se deve à dificuldade de quebrar as novas medidas de segurança. Os atentados estão acontecendo em Bagdá e vocês os verão aí no minuto em a preparação estiver concluída, com a permissão de Deus", ameaçou o líder extremista."Baseado no que eu disse, é melhor vocês desistirem de lutar contra os muçulmanos em nossa terra natal", ele continuou."Não nos importamos em oferecer uma trégua de longa duração com as nossas condições", disse. "Somos uma nação que Deus proibiu de mentir e trapacear. Então, ambos os lados podem desfrutar de segurança e estabilidade sob essa trégua, de modo que possamos reconstruir o Iraque e o Afeganistão, que foram destruídos com essa guerra. Não há vergonha em aceitar essa solução, que evitará a gastança de bilhões de dólares."A voz na gravação também critica o Governo de George W.Bush por desconsiderar os resultados das pesquisas que mostram a oposição da sociedade americana à ocupação do Iraque.O suposto Bin Laden não impõe condições para a trégua nos trechos veiculados pela Al-Jazira.Até o momento não há confirmação acerca da autenticidade da fita, embora a voz seja semelhante a de Bin Laden em outras gravações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.