Gravacão atribuída a Saddam pede que EUA deixem o Iraque

A TV por satélite Al-Arabiya veiculou uma gravação atribuída ao presidente deposto do Iraque Saddam Hussein, na qual ele exige a saída indondicional das forças norte-americanas do território iraquiano. A voz também conclama os iraquianos a ampliarem a resistência às forças invasoras. "População iraquiana. Vou contar as boas notícias: a fatiga está comendo o inimigo", diz a voz em uma gravação cheia de chiados. "Nós queremos que vocês retirem suas armas o mais rapidamente possível e sem precondições ou restrições, uma vez que não há razões para vocês sofrerem ainda mais perdas, o que seria desastroso para os americanos", declara a voz, fazendo referências aos EUA. A voz ouvida na fita faz menção ao Conselho de Segurança da ONU. "Digo ao Conselho de Segurança que toda a verdade lhe foi revelada, como à opinião pública internacional, em relação a intenção do governo americano de falsificar fatos e ocultar suas perdas". A fita tem grandes intervalos entre as frases. A pessoas que conhecem a voz de Saddam Hussein, a fita pareceu autêntica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.