Gravador de avião seqüestrado confirma luta a bordo

O conteúdo do gravador de voz da cabine de pilotagem do boeing da American Airlines, derrubado no dia 11 de setembro na Pensilvânia, confirma que houve uma "luta desesperada e selvagem" entre os seqüestradores e os passageiros que estavam a bordo. Segundo um dos funcionários da empresa, que teve acesso ao equipamento, foram registrados gritos e sons de luta. Não ficou claro, porém, quem estava no controle do avião antes de sua queda. As autoridades norte-americana entendem que os seqüestradores também pretendiam jogar a nave - que decolara de Newark com destino a San Franciso - contra um importante alvo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.