Gravidez de menina de 8 anos choca a Colômbia

Os colombianos ficaram chocados com o caso de uma menina de oito anos que está no oitavo mês de gestação. A gravidez foi provocada por um estupro. O Instituto Colombiano de Bem-Estar Familiar assumiu a proteção da menor, que se encontra sob observação médica no Hospital Meissen, em Bogotá. "A menina e o bebê encontram-se em situação estável. Mas trata-se de uma gravidez de alto risco, por isso necessita de um acompanhamento permanente dos especialistas", disse o diretor do hospital, Carlos Hernando Lizcano, à Radio Caracol. A mãe da menina grávida, uma vendedora ambulante de doces, não notou o estado de sua filha até que ela começou a sentir náuseas e tontura. De acordo com o jornal El Tiempo, o estuprador seria um funcionário de 32 anos de uma farmácia que funciona a três quadras da casa da menina, no bairro de Ciudad Bolívar, em Bogotá. Ele continua livre, pois não foi detido em flagrante e nem denunciado pela mãe. A emissora de rádio RCN iniciou uma campanha de doações para ajudar a menina. A imprensa local vem comentando o caso com indignação e surpresa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.