Grécia expulsa diplomata iraquiano

O governo grego expulsou um alto diplomata iraquiano do país, mas informou que a medida não era uma resposta ao pedido dos EUA para que as nações determinassem a saída de representantes diplomáticos do Iraque. Segundo o porta-voz do Ministério de Relações Exteriores, Panos Beglitis, o diplomata era o número dois na hierarquia da embaixada e foi expulso por manter ações no país que estavam além da alçada diplomática. O porta-voz, no entanto, não forneceu mais detalhes.Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.