Grécia: líderes deixam reunião sem chegar a solução

O presidente da Grécia, Karolos Papoulias, realizou neste domingo um encontro com os três principais líderes políticos em uma última tentativa de formar um governo de coalizão após a eleição, no domingo passado, fracassar em produzir um claro vencedor e renovar os temores de uma iminente saída do país da zona do euro. Os líderes deixaram a mansão presidencial dizendo que as conversas serão retomadas.

RENAN CARREIRA, Agência Estado

13 Maio 2012 | 08h52

"As consultas continuam", afirmou o líder do Nova Democracia, Antonis Samaras, a jornalistas após deixar o local. Papoulias convocou os chefes do conservador Nova Democracia e dos partidos Socialista e da esquerda radical Syriza para conversas na mansão presidencial, após cada uma das legendas não conseguir formar um governo depois de seis dias de esforços. Ele disse que o objetivo é formar pelo menos uma coalizão de curto prazo que pudesse governar o país até as próximas eleições para o Parlamento Europeu em 2014. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.