Grécia: polícia detém 60 em protestos contra austeridade

Confrontos entre a polícia e jovens irromperam na frente do Parlamento grego nesta quinta-feira, quando cerca de 10 mil manifestantes, segundo a polícia, tomaram as ruas do centro de Atenas em protesto contra novas medidas de austeridade. Os jovens jogaram bombas e pedras na polícia, que respondeu com o disparo de gás lacrimogêneo. Uma outra manifestação que ocorreu mais tarde reuniu 18 mil pessoas e também aconteceram distúrbios na frente da Embaixada dos Estados Unidos. Segundo a polícia, pelo menos 60 pessoas foram presas.

AE, Agência Estado

17 de novembro de 2011 | 16h52

Na capital, sete mil policiais fizeram a segurança e não foram registrados feridos nos confrontos. Outras 15 mil pessoas fizeram uma manifestação pacífica contra as medidas de austeridade em Salonica, segunda maior cidade da Grécia e no norte do país.

As informações são da Associated Press e da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.