Grécia pretende arrecadar 500 milhões de euros com privatização de porto

A Grécia pretende arrecadar pelo menos 500 milhões de euros com a privatização do porto Piraeus, segundo autoridades do país que preferiram não se identificar. O plano de privatização é um assunto controverso, e políticos do governo de esquerda do país deram declarações conflitantes a respeito da transação, o que tem assustado os credores. Entretanto, funcionários de alto escalão do governo afirmaram, de forma privada, que a privatização será realizada.

Estadão Conteúdo

29 Março 2015 | 13h13

A decisão de divulgar aos credores as receitas esperadas da venda é o sinal mais recente e mais claro de que o governo de Atenas pretende seguir o plano. Ainda segundo as fontes, o governo grego teria afirmado aos credores que pretende privatizar as operações de 14 aeroportos regionais. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
Grécia Privatização Porto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.