Grécia: Servidores municipais fazem greve pelo 2º dia

Os servidores municipais gregos entraram hoje no segundo dia seguido de greve. Eles protestam contra o fato de terem sido incluídos em um plano do governo para reduzir o número de servidores públicos civis e atender às exigências dos credores externos do país em troca de um multibilionário resgate financeiro.

AE, Agência Estado

09 de julho de 2013 | 03h25

A paralisação é mantida um dia depois de os credores internacionais da Grécia terem aprovado a liberação de uma parcela de 6,8 bilhões de euros para que o país consiga fechar suas contas.

Em troca do resgate, o governo grego precisa cumprir a promessa feita ao Fundo Monetário Internacional (FMI), à Comissão Europeia e ao Banco Central Europeu (BCE) de cortar despesas e promover reformas, o que inclui a dispensa de milhares de servidores públicos.

Atenas comprometeu-se a colocar 12.500 servidores públicos civis em licença administrativa até o fim deste ano, com possibilidade de demissão posterior. Entre os servidores a serem dispensados encontram-se policiais e professores da rede pública. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Gréciagreve

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.