Grécia terá ajuda se aprovar plano, diz ministro alemão

O ministro de Finanças da Alemanha, Wolfgang Schaeuble, advertiu que a Grécia não receberá a próxima parcela de ajuda internacional, a menos que seu parlamento aprove um novo pacote de medidas de austeridade na próxima semana.

AE, Agência Estado

26 de junho de 2011 | 10h29

Em comentários divulgados hoje, Schaeuble disse estar "confiante" de que Atenas conseguirá aprovar o plano de austeridade, que inclui corte de despesas e elevação de impostos. Ao mesmo tempo, ele alertou que se o pacote não passar, "a estabilidade de toda a zona do euro estará em perigo."

Parlamentares gregos votarão na próxima semana um plano de austeridade de médio prazo de 28 bilhões de euros (US$ 39,8 bilhões) e uma lei de execução. Schaeuble também afirmou à publicação alemã Bild am Sonntag que "gostaria de ver a oposição na Grécia apoiar o governo, como vimos em Portugal e na Irlanda". As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Gréciacrisepacote

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.