Greenpeace bloqueia carregamento militar

A polícia holandesa utilizou canhões de água nesta quinta-feira para dispersar um bloqueio do grupo Greenpeace a um navio norte-americano repleto de equipamentos militares com destino ao Iraque e deteve 19 manifestantes, informou o grupo ambientalista.Alguns ativistas do Greenpeace nadaram em frente ao navio NDS Progress e outros se amarraram no navio, para evitar que ele seguisse viagem na direção do Golfo Pérsico.Diversos botes e o navio do Greenpeace, Rainbow Warrior II, ficaram ancorados na rota do navio militar, ou ao lado.Pelo menos 10 manifestantes haviam sido libertados até a hora em que o Progress conseguiu deixar o porto, pelo menos oito horas depois do previsto.Na Grã-Bretanha, quatro ativistas amarraram-se uns aos outros e deitaram na pista da Base da Força Aérea Real de onde saem os soldados britânicos com destino ao Golfo Pérsico.O Grupo de Promessa de Resistência de Oxford informou que a intenção dos pacifistas na base de Brize Norton, em Oxfordshire, no centro da Inglaterra, é conter os preparativos britânicos para esta "guerra insana" contra o Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.