Greve cancela 730 vôos da Lufthansa

Os pilotos grevistas forçaram a companhia aérea alemã Lufthansa a cancelar 730 vôos desta quinta-feira, com a possibilidade de mais centenas de cancelamentos antes do fim do dia. Os pilotos da Lufthansa pedem de 30% a 35% de aumento salarial, enquanto a companhia se recusa a oferecer mais do que 16,7% e participação nos lucros.Os pilotos deram início à paralisação na noite de quarta-feira, depois que cessaram as negociações salariais. A Lufthansa e a associação dos pilotos Vereinigung Cockpit conversaram por dois dias, mas não conseguiram chegar a um acordo.A Vereinigung Cockpit ainda negocia com a Lufthansa, mas a companhia aérea não propôs nova oferta, nem definiu uma nova data para finalizar as negociações. Os pilotos ameaçam continuar a greve caso não sejam atendidos. "Nós continuaremos em greve até obtermos o resultado que desejamos", disse Niels Stueben.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.