Hannibal Hanschke/Reuters
Hannibal Hanschke/Reuters

Greve cancela voos de aeroportos de Berlim

Funcionários em terra das companhias Air Berlin, Lufthansa, easyJet e Ryanair pedem reajuste para 12 euros a hora de trabalho

O Estado de S.Paulo

10 de março de 2017 | 04h45

FRANKFURT - Quase todos os voos dos dois aeroportos de Berlim foram cancelados nesta sexta-feira, 10, em meio à greve da tripulação terrestre das companhias aéreas, que querem aumento de 11 para 12 euros a hora trabalhada.

A empresa Berlin Airport, que administra os terminais da capital alemã, disse que 455 voos foram cancelados no Aeroporto de Berlim-Tegel e 204 em Schönefeld. A greve deve durar 25 horas, a contar a partir das 4h local (0h em Brasília).

Os grevistas incluem funcionários das companhias Air Berlin, Lufthansa, easyJet e Ryanair. "Nós estamos prontos para negociar a qualquer tempo, é claro que durante o final de semana, e vamos abrir uma nova rodada", disse o líder grevista Enrico Ruemker.

A greve ocorre em meio à maior feira do setor de turismo do mundo, a ITB, ocorre até o domingo, 12. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.