Gripe suína atinge 36 crianças de curso de verão chinês

Um grupo de 36 estudantes primários que participaram de um curso de verão em Pequim foi hospitalizado com gripe A H1N1, informou a agência de notícias Xinhua. As demais 44 crianças que estiveram no campo de treinamento entre os dias 11 e 20 de julho estão em quarentena para serem observadas, relatou a agência, citando o escritório de saúde de Pequim.

AE-AP, Agencia Estado

25 de julho de 2009 | 13h37

A China vem agindo agressivamente para detectar e conter casos de gripe suína, após ter sido acusada de fracassar em agir rápido o suficiente para conter a propagação da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) em 2003. O Ministério da Saúde informou na sexta-feira que 1.852 casos de gripe A H1N1 foram registrados no país, sem nenhuma morte.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaChinaestudantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.