Gripe suína chega ao Peru e à Malásia

Uma peruana de 27 anos que chegou no sábado de Nova York num voo comercial foi confirmada como o primeiro caso de gripe suína no Peru. Os sintomas manifestaram-se dois dias depois que ela chegou ao país e os testes subsequentes confirmaram a presença do vírus A/H1N1, informou o ministro da Saúde peruano, Oscar Ugarte. "O progresso da paciente é bom e ela está se recuperando", afirmou o ministro.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

15 de maio de 2009 | 05h31

A Malásia confirmou nesta sexta-feira seu primeiro caso da doença. "O paciente é um estudante de 21 anos que tinha acabado de voltar dos EUA em 13 de maio, e que adoeceu com febre, inflamação na garganta e dores no corpo em 14 de maio", disse Ismail Merican, diretor-geral do Ministério da Saúde da Malásia.

O último boletim da Organização Mundial de Saúde (OMS), divulgado na manhã desta quinta-feira, registrava 6.497 casos confirmados de gripe suína em 33 países. O número de mortos pela doença chegava a 65, a maioria no México. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaPeruMalásia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.