Gripe suína: Hillary pede cuidado a quem for ao México

A secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, pediu aos cidadãos norte-americanos que tenham cuidado ao visitar o México, mas seus assessores não chegaram a fazer um alerta de viagem por causa da gripe suína. "Estamos levando isso muito sério", disse Hillary, que se reuniu hoje com o ministro de Relações Exteriores da Cingapura, George Yeo.

AE, Agencia Estado

27 de abril de 2009 | 13h19

Ela afirmou que o Departamento de Estado está trabalhando junto com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças na avaliação da enfermidade, que pode ter matado 110 pessoas no México e que contaminou 20 pessoas nos EUA. "O Departamento de Estado está preparado para emitir um alerta de viagem ou relacionado à gripe suína caso o Centro nos aconselhe a fazê-lo", disse o porta-voz do Departamento de Estado Gordon Duguid. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaEUAHillary

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.