Gripe suína: Mumbai fecha todas as escolas e cinemas

Autoridades ordenaram hoje o fechamento de todas as escolas e salas de cinema de Mumbai, em meio ao temor diante do vírus da Influenza A (H1N1), popularmente conhecida como gripe suína. Algumas escolas da Índia já haviam sido fechadas após estudantes terem testes positivos para o vírus. Porém, esta é a primeira vez que todas as escolas e cinemas são fechados em uma grande cidade do país. Mumbai tem aproximadamente 14 milhões de habitantes. A metrópole atinge os 19 milhões de pessoas se forem somados os subúrbios próximos. Segundo dados oficiais, o número de mortes relacionadas à doença subiu para 15 no país.

AE-AP, Agencia Estado

12 de agosto de 2009 | 11h39

Todas escolas e faculdades em Mumbai, capital financeira e de entretenimento da nação, permanecerão fechadas até a próxima quarta-feira. As salas de cinema reabrem apenas no dia 25. As mortes por gripe suína incluem duas em Mumbai e oito na cidade de Pune, no mesmo Estado de Maharashtra, segundo a imprensa local. A Índia já confirmou 1.078 casos da nova gripe, segundo o Ministério da Saúde, incluindo 589 pessoas que se recuperaram. Emissoras de televisão informaram hoje sobre as 15 mortes confirmadas.

Os canais de televisão têm realizado cobertura extensa sobre a disseminação do vírus. Milhares de pessoas correm aos hospitais do país, com medo de estarem com a doença. O governo indiano determinou que qualquer pessoa que chegue ao país com sintomas da Influenza A deve ser isolado a fim de evitar a transmissão do vírus. Já os casos suspeitos locais podem, desde a semana passada, esperar os resultados de exames em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.