Gripe suína: suspensos voos entre Argentina e México

O governo argentino anunciou a suspensão, até segunda, dos voos entre Argentina e México. Nos dois dias anteriores, 15% das passagens para o México foram canceladas, segundo agências de turismo. Ricardo Roza, presidente da Associação Argentina de Agências de Viagens e Turismo disse que ?as pessoas que tinham previsto passar férias (no México), com certeza, vão suspendê-las?. Em média, 11 mil pessoas viajam entre México e Argentina por semana.

AE, Agencia Estado

29 de abril de 2009 | 09h51

Em Cuba, o governo declarou estado de alerta e decidiu suspender, por 48 horas, todos os voos que partiriam ou chegariam do México. O país foi o primeiro suspender voos. Oito países europeus desaconselharam viagens ao México, o país com maior número de casos comprovados. Os pareceres oficiais foram anunciados depois do recuo inesperado da comissária de Saúde da União Europeia, Androulla Vassiliou. Anteontem, a maior autoridade sanitária do bloco sugeriu o adiamento de viagens ?não indispensáveis? à América do Norte. Ontem, ela afirmou não ver motivos para esse cuidado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaArgentinavoos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.