Gripe suína: vai a 107 total de casos confirmados na UE

O número de casos confirmados de gripe suína - doença rebatizada de influenza A H1N1 - na União Europeia subiu para 107, com 28 novas confirmações nas últimas 24 horas, informou o Centro Europeu para Controle e Prevenção de Doenças hoje. Desse total, 15 casos são de transmissão de pessoa para pessoa dentro do bloco, segundo o centro sediado em Estocolmo. "O que é importante notar é que nós vimos até agora apenas 11 países que informaram sobre casos e estamos monitorando muito de perto o que estamos chamando de transmissão dentro do país, que quer dizer casos não da América do Norte, mas sendo transmitidos localmente na Europa", explicou Denis Coulombier, chefe da unidade de prevenção e resposta do centro, em uma das duas entrevistas coletivas concedidas por ele semanalmente.

AE, Agencia Estado

05 de maio de 2009 | 09h33

Dos 15 casos transmitidos localmente, dois foram na Alemanha, três na Espanha e dez na Grã-Bretanha, informou o centro, conhecido pelas iniciais em inglês ECDC. Cinco dos casos registrados na Grã-Bretanha são de crianças de uma mesma escola, que tiveram contato com um colega que retornou da América do Norte. Do total de casos confirmados do vírus H1N1 na UE, 27 estão na Grã-Bretanha, 57 na Espanha, nove na Alemanha, enquanto França e Itália têm quatro casos cada, Áustria, Dinamarca, Irlanda, Holanda, Portugal e Suíça têm um caso cada, segundo o ECDC.

Coulombier disse que é provável que sejam confirmados novos casos nos próximos dias. O risco de epidemia levou temores aos mercados financeiros, com preocupação sobre o turismo e o comércio. O centro afirma que os membros do bloco europeu implementaram medidas apropriadas para limitar a expansão do problema, incluindo o aumento do nível de alerta em profissionais de saúde e o fornecimento de informações ao público em geral e em especial a viajantes. A influenza A H1N1 era conhecida até a semana passada como gripe suína, quando foi rebatizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
gripe suínaUEconfirmação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.