Grupo acusa 'Guardian' por vazamento de dados

A organização WikiLeaks acusou ontem o jornal britânico The Guardian pelo vazamento de dezenas de milhares de telegramas secretos dos EUA nos quais é possível identificar as fontes do governo americano. Washington afirmou que a liberação dos dados coloca vidas em risco. Em nota, o WikiLeaks disse que levará à Justiça o Guardian e "uma pessoa na Alemanha", que distribuiria senhas do serviço "para seu benefício pessoal". O jornal britânico não havia comentado as acusações do grupo até ontem à noite.

, O Estado de S.Paulo

02 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.