Grupo armado ocupa estação de televisão na Venezuela

Dez homens armados e com os rostos cobertos ocuparam temporariamente os sistemas de transmissão da rede de TV Globovisión, em Caracas, informou o canal, através de um comunicado. A vice-presidente da Globovisión, María Fernanda Flores, disse à Associated Press que o grupo imobilizou dois funcionários encarregados da segurança do prédio. Segundo ela, a tomada das instalações durou cerca de 15 minutos. Em sua retirada, os homens levaram apenas um rádio transmissor, disse.O incidente ocorre num momento de tensão na Venezuela, quando todo o país aguarda uma decisão do Conselho Nacional Eleitoral sobre o referendo para encurtar o mandato do presidente Hugo Chávez. Em seu último programa dominical, "Alô, Presidente", Chávez afirmou que estava disposto a promover uma tomada militar das redes Globovisión e Venevisión caso persistissem em seu "plano desestabilizador".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.