REUTERS/Mike Segar
REUTERS/Mike Segar

Grupo armado toma prisão onde estão detidos ex-dirigentes de Kadafi

Os agentes penitenciários se viram obrigados a deixar o local, depois de um ataque lançado por um grupo armado leal ao Governo de União Nacional; dois guardas morreram na ofensiva

O Estado de S.Paulo

26 Maio 2017 | 18h17

TRÍPOLI - Um grupo armado líbio assumiu o controle de uma prisão do sul de Trípoli, nesta sexta-feira, 26, onde estão detidos os principais dirigentes do antigo regime de Muamar Kadafi. A informação é de uma fonte judicial, que pediu para não ser identificada.

Os agentes penitenciários se viram obrigados a deixar o local, depois de um ataque lançado por um grupo armado leal ao Governo de União Nacional (GNA), acrescentou a mesma fonte, informando que dois guardas morreram na ofensiva.

Kadafi foi deposto em meio a uma revolta popular e rebelde e acabou morto por forças que o combatiam em 20 de outubro de 2001. Desde a queda de Kadafi, a Líbia sofre com insegurança e penúria.

A vida cotidiana está pautada pelos cortes de eletricidade e pelas longas filas de espera diante dos bancos devido à falta de liquidez. O país está afetado pelas lutas de influência, tão cruéis quanto impunes, entre as diversas milícias e tribos que compõem a sociedade. / COM AFP

 

Mais conteúdo sobre:
Líbia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.