Grupo de 300 nacionalistas realiza protesto em Moscou

Cerca de 300 nacionalistas russos realizam uma manifestação no centro de Moscou neste domingo, exigindo maior participação dos russos étnicos na política do país e para lembrar o primeiro aniversário de um violento tumulto na região do Kremlin.

AE, Agência Estado

11 de dezembro de 2011 | 10h19

O protesto é realizado na mesma praça onde dezenas de milhares se reuniram no sábado para protestar contra fraudes eleitorais e exigir o fim do governo do primeiro-ministro Vladimir Putin. O grupo se reuniu na praça Bolotnaya, localizada numa ilha do rio Moscou, nas proximidades do Kremlin.

As manifestações de sábado em Moscou e outras cidades russas foram os maiores protestos contra o governo da era pós-soviética. Os nacionalistas também participaram das manifestações de sábado e seus líderes até subiram nos palanques, mas foram vaiados pela maioria dos manifestantes. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiaprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.