Grupo de hackers LulzSec anuncia fim de atividades

O grupo de hackers Lulz Security, que nos últimos dois meses sabotou websites do FBI, da CIA, do Senado norte-americano e de empresas de entretenimento como a Sony, anunciou que está se dissolvendo.

AE, Agência Estado

26 de junho de 2011 | 20h48

Um dos membros do LulzSec disse, em entrevista à Associated Press, que o grupo não está encerrando as atividades por medo das autoridades ou de hackers inimigos. "A imprensa está cansada de nós, e nós estamos ficando cansados de nós mesmos", disse.

Ele disse ainda que três ou quatro membros do grupo iriam "dar um tempo", e que ele estava pensando em abandonar os ataques de uma vez por todas. Ele disse que não poderia falar sobre os planos dos outros membros, mas que eles talvez continuassem envolvidos com o grupo de hackers conhecido como Anonymous.

Segundo ele, o LulzSec, que conta com apenas seis membros, ainda mantém uma quantidade considerável de dados roubados dos sites invadidos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
hackersLulzSecfimatividades

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.