Grupo extremista diz ter enviado pacotes-bomba

GRÉCIA

, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2010 | 00h00

O grupo extremista grego Conspiração das Células de Fogo reivindicou o envio de 17 pacotes-bomba no início do mês a líderes estrangeiros e embaixadas na Grécia, informaram ontem fontes policiais. Em uma carta enviada ao site Indymedia, dois supostos membros do grupo detidos em Atenas com pacotes de explosivos destinados ao presidente francês, Nicolas Sarkozy, e à embaixada da Bélgica, disseram estar orgulhosos de suas ações "revolucionárias".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.