Grupo Fedayin anuncia vingança pelas mortes dos filhos de Saddam

No dia em que três soldados americanos foram mortos no norte do Iraque, e dois iraquianos foram mortos em Bagdá quando seu carro se aproximou de um posto de controle militar dos EUA, numa demonstração de que a resistência contra as tropas do EUA não perdeu froça, uma televisão árabe divulgou uma fita na qual partidários de Saddam prometem vingança contra as mortes na terça-feira de Uday e Qusay Hussein. ?Queremos dizer para as forças de ocupação, eles disseram ontem à noite que a morte de Uday e Qusay permitirá que diminuam os ataques ( da resistência), mas queremos dizer aos invasores que essas mortes farão aumentar os ataques contra eles?, disse um de três homens mascarados do grupo denominado Fedayin de Saddam mostrados no vídeo. A milícia Fedayin era comandada por Uday. Os oficiais da coalizão têm repetidamente atribuído à ex-milícia os ataques contra soldados americanos. Os três soldados dos EUA mortos hoje, assim como os dois mortos ontem, eram mebros da 101ª Divisão, responsável pelo ataque à mansão em Mosul onde Uday e Qusay estavam escondidos.

Agencia Estado,

24 Julho 2003 | 12h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.