Grupo fundamentalista retoma controle de áreas no Iraque

Soldados norte-americanos e milicianos da União Patriótica do Curdistão (PUK) - grupo aliado dos Estados Unidos e que tem controle sobre parte do norte do Iraque - perderam para o grupo fundamentalista Ansar al-Islam o controle sobre alguns povoados da região entre Halebja e a fronteira com o Irã. A agência de notícias Anadolu informou que a coalizão perdeu o controle da faixa de território iraquiano ocupada pelo Ansar al-Islam, um grupo acusado pelos Estados Unidos de manter vínculos com a organização extremista Al-Qaeda. Já fontes da PUK garantiram que cerca de 800 militantes do grupo fundamentalista islâmico, que controla 16 povoados da região, fugiram do Iraque pela região montanhosa de fronteira. As mesmas fontes disseram que aviões norte-americanos atacaram hoje posições iraquianas nos arredores de Hanikin, uma cidade de fronteira controlada pela PUK e por soldados do Exército do Iraque. Até o momento, não há informações sobre vítimas da operação militar conjunta, da qual participaram dezenas de soldados de uma unidade especial norte-americana de pára-quedistas. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.