Grupo islâmico ameaça Olimpíadas na Rússia

O grupo militante islâmico Vilayat Dagestan no Cáucaso do Norte, na Rússia, assumiu a responsabilidade neste domingo por dois atentados suicidas realizados na cidade de Volgograd no mês passado. O grupo também postou um vídeo ameaçando atacar as Olimpíadas de Inverno de 2012 em Sochi.

AE, Agência Estado

19 de janeiro de 2014 | 21h08

Os ataques em Volgograd deixaram 34 pessoas mortas e intensificaram os temores sobre a segurança antes da realização dos Jogos de Inverno, prevista para fevereiro.

No vídeo, dois homens falando russo, identificados como Suleiman e Abdurakhman, alertaram o presidente Vladimir Putin que "se você realizar as Olimpíadas, nós daremos a você um presente pelo o sangue muçulmano inocente que foi derramado ao redor do mundo: no Afeganistão, na Somália, na Síria". E acrescentaram que "para os turistas que vierem, haverá um presente também". Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
RússiaAtentadoAutoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.