Grupo libertará reféns japoneses, anuncia Al-Jazira

O grupo iraquiano autodenominado Esquadrão Mujahedin, que ameaçava "queimar vivos" três japoneses que mantém reféns se o Japão não removesse suas tropas do Iraque, informou à rede de TV do Catar Al-Jazira que libertaria os cativos em 24 horas. "Eles (os reféns) serão liberados nas próximas horas em resposta a um pedido feito pela Associação de Clérigos Muçulmanos", informou um apresentador da Al-Jazira, citando um fax enviado à emissora pelo grupo rebelde. A associação de clérigos à qual a nota se referiu é uma entidade iraquiana formada por teólogos islâmicos. O ultimato ao governo de Tóquio venceria amanhã.Manifestantes foram hoje às ruas da capital japonesa para protestar contra a presença do vice-presidente americano, Dick Cheney, no país e reivindicar a retirada das tropas do Iraque.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.