Grupo ligado Al-Qaeda assume atentado no Líbano

O Estado Islâmico do Iraque e o Levante, grupo ligado à Al-Qaeda, assumiu, neste sábado, em um comunicado em uma página na Internet usado por militantes sunitas, a responsabilidade pelo atentado com um carro-bomba na semana passada em um bairro no sul de Beirute, no Líbano, que é dominado por xiitas.

Agência Estado

04 de janeiro de 2014 | 13h06

Pelo menos cinco pessoas foram mortas no ataque ocorrido na quinta-feira. A explosão da bomba foi a mais recente em uma onda de ataques que atingiu o Líbano nos últimos meses, à medida que a guerra civil da Síria se espalhou para país vizinho. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
LíbanoViolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.