Grupo paramilitar venezuelano aparece na TV colombiana

Um canal de televisão colombiano mostrou nesta quarta-feira um vídeo em que aparece um grupo de homens com uniformes militares de camuflagem e capuzes que se autodenominam Autodefesas Unidas da Venezuela (AUV).As AUV se definem como um grupo armado paramilitar que teria 2.200 homens para lutar no país vizinho contra os rebeldes colombianos ali infiltrados. O objetivo é "expulsar a narcoguerrilha do nosso território", disse um comandante ´Antonio´ em um vídeo apresentado pelo canal de televisão RCN, do qual se desconhece a procedência.O encapuzado tinha atrás de si fotos do líder dos grupos paramilitares colombianos Carlos Caera e disse que seu objetivo é combater os rebeldes colombianos protegidos pelo "governo do narcoguerrilheiro Hugo Chávez".Militares colombianos têm dito que os rebeldes da Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e do Exército de Libertação Nacional (ELN) se movem através da extensa fronteira entre os dois países e lançam ataques a partir do território vizinho.Também denunciaram que os guerilheiros colombianos seqüestram fazendeiros venezuelanos na fronteira. O comandante ´Antonio´ afirmou que espera reunir-se em breve com o chefe paramilitar colombiano Carlos Castaño. "A grande maioria dos narcoguerrilheiros colombianos têm seus acampamentos em nosso país", acrescentou o suposto paramilitar venezuelano. "Reunindo as duas organizações, acabaríamos com eles de uma vez". Colômbia e Venezuela têm uma fronteira comum de 2.200 quilômetros.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.