Grupo quer Nobel da Paz para Bush - se ele não iniciar guerra

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, seria merecedor do Prêmio Nobel da Paz de 2002 caso não inicie uma guerra para vingar os ataques terroristas nos Estados Unidos, propôs hoje um grupo de ativistas noruegueses. "Bush deve resolver o problema do terrorismo sem causar a perda de mais vidas inocentes e assegurar-se de que os culpados sejam levados à Justiça", afirma um comunicado do grupo, assinado por 12 professores e acadêmicos.Geir Lundestad, secretário do comitê de prêmios do Nobel da Paz, com sede em Oslo, disse conhecer a proposta, mas que ainda não havia recebido nenhuma candidatura. "É uma proposta estranha", comentou Lundestad. "Geralmente recebemos propostas com longas listas de coisas realizadas pelos candidatos para que sejam merecedores do prêmio. Esta, no entanto, é uma proposta que implica não fazer algo no futuro", acrescentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.