Grupo radical mata policial em delegacia

O grupo radical islâmico atacou ontem uma delegacia em Kano, no norte da Nigéria e matou um policial. A cidade foi palco de um violento atentado no dia 20, que deixou 185 mortos. Os principais alvos do grupo, que defende o estabelecimento da lei islâmica no país e tem intensificado seus ataques nos últimos meses, são cristãos e policiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.