Grupo separatista ETA declara cessar-fogo permanente

O grupo separatista Pátria Basca e Liberdade (ETA) declarou hoje um cessar-fogo "permanente e geral, internacionalmente verificável". O anúncio foi feito em um vídeo, postado no site do jornal basco Gara. A medida pode encerrar uma campanha de 42 anos de violência da organização.

AE, Agência Estado

10 de janeiro de 2011 | 09h56

O ETA afirmou que o cessar-fogo é um sinal de seu comprometimento com um processo de paz definitivo no País Basco e rumo ao fim dos confrontos armados. "Os cidadãos bascos devem ter uma voz sobre seu futuro, sem qualquer tipo de interferência", afirmou um dos três membros encapuzados do ETA que aparecem no vídeo, que mostra ao fundo uma faixa do grupo e uma bandeira basca.

O ETA, que já usou o Gara para muitos anúncios no passado, matou 829 pessoas durante uma campanha de quatro décadas pela independência da região basca no norte da Espanha e sudoeste da França. O grupo é classificado como terrorista por Estados Unidos, Espanha e União Europeia. O ETA já decretou várias vezes um cessar-fogo no passado, mas acabava por realizar novos ataques após algum tempo em que não havia avanços nas negociações com o governo espanhol. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ETAcessar-fogoEspanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.