Grupo sequestra membros de ONG

Três membros dos Médicos Sem Fronteiras (MSF) - um francês, um italiano e uma canadense - foram sequestrados ontem na região de Darfur. O sequestro ocorreu depois que o presidente sudanês, Omar al-Bashir, acusado de genocídio na corte de Haia, ordenou a expulsão das ONGs que atuam no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.