Grupo solta 15 crianças na Rússia; 2 morreram na invasão

O grupo armado que fez reféns em uma escola da cidade russa de Beslan, próxima à fronteira com a Chechênia, libertou 15 crianças, segundo a BBC. A emissora britânica informou que o incidente já provocou duas mortes: a de um pai que resistiu aos invasores e a de um dos rebeldes. Outras nove pessoas ficaram feridas, segundo a porta-voz do parlamento local, Fátima Khabolova. As agências internacionais divergem sobre o número de reféns, com as estimativas das matérias oscilando entre 120 a 400 pessoas. A invasão à escola ocorreu no primeiro dia de aula, quando havia uma cerimônia, que reunia também pais de alunos. No início da invasão, cerca de 50 estudantes conseguiram escapar dos seqüestradores.Leia maisGrupo armado faz 200 crianças reféns na Rússia

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.