Grupos atacam casas de políticos argentinos

Grupos não identificados atacaram casas de vários políticos durante a noite. O incidente mais grave foi registrado na residência do ex-vice-presidente Carlos "Chaco" Alvarez. A porta do edifício de apartamentos onde vive Alvarez foi atingida por balas. Outras ocorrências foram registradas nas casas do chefe de Gabinete, Chrystian Colombo, da ex-funcionária do governo Carlos Menem, María Julia Alsogaray, e do chefe do governo portenho, Aníbal Ibarra. A casa da filha do presidente argentino Fernando de la Rúa também foi atacada. As informações são do jornal La NaciónLeia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.