Grupos rivais lutam pelo 2º dia na capital

Soldados da junta militar de Mali enfrentaram ontem tropas leais ao presidente deposto Amadou Touré em várias partes da capital, Bamako. Segundo a junta, os combates, que começaram na segunda-feira, são uma tentativa de reverter o golpe de 22 de março, que derrubou Touré. Mais de 15 pessoas morreram nos últimos dois dias. O golpe foi criticado pela comunidade internacional e facilitou uma revolta de rebeldes tuaregues em Azawad, norte do país, que declarou a independência da região.

O Estado de S.Paulo

02 Maio 2012 | 03h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.