Guarda Nacional dispersa manifestação na Venezuela

Os homens da Guarda Nacional da Venezuela usaram gás lacrimogêneo para dispersar manifestação emfrente à sede da companhia estatal Petroleos de Venezuela (PDVSA).Cerca de 200 manifestantes se reuniram do lado de fora da sede da PDVSA em protesto contra a prisão do líder da oposição Alejandro Pena Esclusa. Um número igual de homens da Guarda Nacional dispersou a multidão, lançando bombas de gás. Não foram registradas ocorrências de feridos graves.Pena Eclusa foi liberado pelas autoridades depois de ordem emitida pela procuradoria-geral. O líder da oposição havia sido preso nesta quinta-feira por colocar anúncios em jornais locais pedindo aajuda dos militares para depor o presidente Hugo Chávez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.